Se eu não amar a Deus antes de tudo nada serei e não adiantará fazer algo por Ele (Parte 1/2)

30.7.18




É possível cair chuva de um céu aonde não há sequer uma nuvem? Onde existe somente o azul da atmosfera e o amarelo dos raios solares? Também seria possível um peixe sair por contra própria da água e nadar na areia da praia? Não sei. Talvez haja uma única chance em milhares de algo assim ocorrer e poderia ser chamado de milagre. Mas será se seria possível falarmos de amor sem sentirmos ele em nossos corações? Alguém pode dizer amar uma pessoa sem ter amor por ela? Talvez sim. Pode aparentar ter um amor que não sente e agir como se a amasse. Mas isso não seria chamado de milagre e sim de mentira. Como uma máscara que esconde um coração vazio que finge levar amor de si, porém não há nada dentro dele. Todavia, o curioso é que tal atitude de se mover em um aparente amor sem senti-lo é bem mais comum do que a chuva cair de um céu sem nuvens e seria mais fácil ver isso do que um peixe nadando na areia em vez de se debater.

E você poderia me perguntar aonde eu poderia encontrar tal atitude vazia. Eu lhe responderia que ela poderia ser encontrada em mim. Você iria se espantar com o que eu disse da mesma forma que me assustei quando Deus me disse que eu estava me movendo sem sentimentos. Eu acabara de publicar um texto em uma rede social e Deus falou comigo através de uma pessoa, mandando-a me dizer que eu não deveria escrever algo e ainda postar quando não havia nenhum sentimento naquilo que eu havia escrito. Agora imagine o meu choque ao ouvir a Deus falando sobre a frieza que estava congelando meu coração. Na verdade, Ele já havia falado comigo através dessa mesma pessoa antes, porém eu não conseguia aceitar que eu estava agindo de forma incorreta quando eu me julgava uma cristã que vivia conforme as ordenanças da Bíblia. Mas o que não sabia é que era possível nos movermos sem ter o amor queimando em nossos corações.

Não pense que eu havia me tornado uma pessoa que não sentia amor em absoluto, pois eu sentia, porém ele havia esfriado em meu coração e eu não tinha me dado conta. Eu continuava pensando, sentindo e agindo como se houvesse amor em mim, quando não mais havia. E essa frieza começou a partir do momento em que eu deixei meu primeiro amor por Deus e acabei me apaixonando por aquilo que eu gostaria de fazer para Ele. Onde as minhas orações passaram a pedir avivamento, dons espirituais, oportunidades em púlpitos, chances de falar para multidões, escrever livros e publica-los. Eu queria fazer mais para Deus, queria ser reconhecida por grandes feitos realizados no nome de Jesus e ir além na vocação que Ele me deu. Eu desejei tanto essas coisas que todo o amor que deveria ser por Deus acabou sendo canalizado para o amor que eu sentia pela obra Dele. Foi então que o Espírito Santo veio até mim com ensinamentos baseados na 1ª carta aos Coríntios capitulo 13.

“Se eu tivesse o dom de falar em outras línguas sem tê-las aprendido, e se pudesse falar em qualquer idioma dos homens ou dos anjos, e, no entanto, não tivesse amor, eu seria como o sino que ressoa ou um prato que estaria só fazendo barulho. Se eu tivesse o dom de profetizar e conhecesse todos os mistérios e todo o conhecimento, mesmo que eu tivesse o dom da fé, a ponto de falar a uma montanha e fazê-la sair do lugar, se não tivesse amor, nada seria. Se eu desse aos pobres tudo quanto tenho e entregasse meu corpo para ser queimado vivo, e, contudo, não tivesse amor, isso não teria valor algum.” (1 Coríntios 13:1-3). Ou seja, eu poderia realizar tanta coisa boa, correta e justa nesse mundo, mas poderia fazê-las sem sentir uma gota sequer de amor, mas sabe o que tais atitudes adiantariam? Nada! Sabe qual o valor que elas teriam? Nenhum! E foi isso que o Espírito Santo queria que eu soubesse, que é possível sim fazermos grandes coisas sem amor, porém a verdade é que elas não terão valor quando forem provadas pelo fogo para serem testadas.

Mas o cerne de tudo isso sobre o amor foi aonde eu mais pequei. Pois eu deixei de amar a Deus sobre todas as coisas para poder amar as coisas. Porque quando meu coração não estava mais no Rei e sim no Reino, eu construí meu próprio bezerro de ouro como fizera Arão á nação de Israel, e o adorei falando que aquele era o deus que havia me tirado do Egito. Eu tornei o meu propósito no meu deus e fiz dele os motivos das minhas orações, jejuns, consagrações e estudos. Eu queria saber mais para poder me aprofundar nesse assunto para poder fazer mais. Eu estava tão focada em lançar sementes que esquecia que estava trabalhando sozinha na plantação, pois o Lavrador havia se distanciado de tanta tristeza que lhe causei. E não pense que falar de tudo isso está sendo fácil. Eu relutei e disse ao Espírito Santo que iria desistir de escrever esse texto, pois tudo isso me deixa profundamente vulnerável, mas acredito que haja uma razão para eu estar me expondo dessa maneira.

Enfim, Deus me mostrou que eu havia o trocado, que a aliança que tínhamos estabelecido havia sido cortada por mim e que eu tinha deixado de ouvi-Lo, senti-Lo e ama-Lo porque eu estava olhando demais para suas mãos que abençoam ao invés de me focar em seus olhos apaixonados. Agora imagine o Deus que criou todo o Universo correr atrás de ti porque você acabou se afastando. Imagine Ele deixando as noventa e nove ovelhas no campo e ir atrás daquela que saiu sem rumo pelo deserto em plena madrugada. E assim Ele fez comigo. Foi atrás de mim. Escalou montanhas, iluminou as trevas, abriu oceanos, só para me resgatar e me salvar do abismo para onde eu estava indo, pois eu estava totalmente cega. Mas como se tudo isso não fosse o bastante, Ele ainda me trouxe de volta nos braços e quando chegamos em casa Ele começou a falar onde eu caí, como eu caí e o porque eu caí, pois eu precisava conhecer meu problema para poder trata-lo.

Escrito por: Tatielle Katluryn


"As palavras que eu digo não são propriamente minhas, mas do Pai que vivem em mim." João 14:10

Deixe algo nos cometários, pode ser uma crítica, sugestão, elogio ou qualquer outra coisa. 


Quer conversar sobre algo que sentiu em relação ao texto? Desabafar, pedir ajuda, receber conselhos ou oração? Só entrar em contato.

Outros textos para você ler

0 comentários

Você compraria meu livro?

Postagem em destaque

No lugar secreto há três ambientes que podemos frequentar: quarto, deserto e monte (Parte 1/3)

Dizer que somos cristãos é o mesmo que dizer que somos como Cristo. Mas apenas dizermos isto não nos faz de fato sermos como Cristo. ...